Para ler no novo ano

Postado por Taiane Maria Bonita , quinta-feira, 31 de dezembro de 2009 12:14

Quisera eu inventar mil palavras, para proferi-las aos ventos com meus mais singelos desejos. Suponho, no entanto, que nenhuma delas conseguisse traduzir o que guardo no peito.

Desejo-te, então,
que mesmo que não ouças minhas palavras
ou tão pouco consiga entendê-las;
desejo-te que sintas aquilo que emano em mim
E tão pouco consigo transpor ao som.

5 Response to "Para ler no novo ano"

Eduardo Says:

O sentimento repassado é de um desejo inefável onde, por sua pureza, traz toda a força suficiente para renovar as energias e transformar uma noite comum em uma fonte de esperança e otimismo para todos nós neste novo ano.

Bjão!

Anônimo Says:

Superbe !!!

Tony R. M. Rodrigues Says:

Acho que é a primeira vez que visito teu blog... talvez por medo da sala... ehehhehe... e não me lembrava que poetizavas! Gostei de seu poema, principalmente das dúvidas que ele me suscitou (e que guardarei em secreto segredo, eheheh). Que venham mais poemas!

Zé do Trilho Says:

Saudades dessa sala.
O talento da poetiza é vasto, e vem sendo lapidado com muito carinho.

Salve Alice e o país da maravilhas.

Luccas Neves Stangler. Says:

"Eu tenho tanto pra lhe falar, mas com palavras não sei dizer..."
Parabéns!

Postar um comentário

XD!