Aquele toque!

Postado por Taiane Maria Bonita , terça-feira, 6 de outubro de 2009 12:24



Senti minha nuca arrepiar-se, mal notara que ele havia se aproximado, mas o sentia pelo toque de seus lábios na ponta de minha orelha. Aquele arrepio vinha d'além de minhas glândulas sensoriais, vinha de meu ser e da arritmia de meu peito.


Confessava mesmo que aos sussurros, para que ele não me julgasse atrevida, o prazer que aquele toque me proporcionava. E ao som de meus assanhados sussurros, sentia sua respiração aproximar-se de meus lábios. Meu corpo, renegando qualquer tentativa de manifestação de meus neurônios voltava-se delicadamente aos braços de meu homem.

Entregava-me àqueles braços com quem entrega-se à vida, brilho nos olhos e sorriso largo. Entregava-lhe meu corpo com a condição de tomar-lhe o coração.

2 Response to "Aquele toque!"

Maria Bonita Says:

Écrit pour Cacilda B. en 05/10/1931

Hehehehehe

Zé do Trilho Says:

O coração é o bem mais precioso que pode ser concedido a outrem. Toques suaves indicam carinho, fervoros, paixão. Toques plenos, sem capiciosidade, apenas com ternura, bem querer, pureza. Esses denotam a beleza que é entregar-se sem condição, o ato nobre de abrir e estender o coração.
Como sei disso? Acabei de experimentar.

Postar um comentário

XD!