Palavra Escondida

Postado por Taiane Maria Bonita , terça-feira, 25 de maio de 2010 21:14

Existe uma palavra presa em minha garganta

ela oscila entre minha laringe e minha traquéia,
passando por minhas cordas vocais,
mas mudam o rumo antes que estas possam vibrar
produzindo qualquer tipo de som.

É assim,
essa palavra insiste em não ser pronunciada.
E mesmo assim, não deixa de transitar
nas proximidades das cordas que lhe dariam vida.

Teimosia de palavra,
é assim que se chama.
Já tentei engoli-la mais de mil vezes,
mas a birrenta se enfeza e pula para ponta de minha língua.
Quando acho que esqueci da danada,
encontro-a escrita em meus rascunhos.
Destruo-os imediatamente,
para ter certeza de que mais ninguém foi testemunha de sua existência.

Não é fácil assim brigar com palavra,
elas são insistentes.
E nos raros momentos que nos encontramos frente à frente
sinto que ela me sussurra alguma coisa.
Se por acaso eu me esforçar,
consigo ouvi-la murmurar:
CORAGEM!

1 Response to "Palavra Escondida"

Jozé Amorim Says:

Gostei muito da poesia.

bjs

Postar um comentário

XD!